A potência da mulher 50+ para as empresas e sociedade

Com as pautas ESG cada vez mais ganhando espaço nas agendas corporativas, empresas líderes vêm assumindo o compromisso de ter um quadro de colaboradores cada vez mais diverso, especialmente com equilíbrio de gênero. 

Essa transformação no mundo do trabalho tem sido relevante, porém ainda caminha a passos lentos na direção de alcançarmos equidade de gênero em todos os níveis, especialmente se fizermos recortes interseccionais, e observarmos os dados sobre as mulheres acima de 50 anos.

No Brasil, segundo relatório do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), mais de 700 mil profissionais com mais de 50 anos perderam seus empregos durante a pandemia.¹ Mesmo assim, as mulheres têm demonstrado resiliência, mesmo sofrendo idadismo em universidades e empresas. O caso da Patricia Linares, 44, viralizou na internet ao ser alvo de preconceito por 3 colegas mais jovens.² 

Casos como o de Patrícia servem de exemplo para a criação de espaços de acolhimento, fortalecimento e um ambiente adequado para mulheres 50+ se realizarem. A comunidade Labora tem este objetivo. Atualmente, as mulheres são quase 60% dos talentos 50+ que se reinventam pessoalmente e se preparam para iniciarem a segunda metade da vida profissional. 

Honrando este movimento, no ano passado a Labora, em parceria com a British Council, lançou o Programa de reskilling Mulheres em TechLideranças Inclusivas, que contemplou mais de 40 mulheres 50+ da comunidade Labora a desenvolverem suas habilidades interpessoais e avançar em suas carreiras em ciência, tecnologia, engenharia e matemática.

A busca pelo programa e os resultados obtidos demonstram que cada vez mais mulheres 50+ querem se manter ativas,  produtivas e líderes nas empresas e sociedade. 

De acordo com a consultoria em gestão de mudança em diversidade, ImpulsoBeta, a inclusão de gênero, de forma interseccional com recorte de idade traz benefícios quantitativos e qualitativos às organizações, tais como:

  • Maturidade

Por terem vivência nos mais diversos tipos de situações e cenários, mulheres com mais de 50 anos tendem a ter uma visão mais macro e “jogo de cintura” ao tomar decisões importantes.

  • Exemplo

Quem não se inspira em uma pessoa com uma bagagem cheia de conhecimento? E já diz o ditado: “conhecimento é passado de geração para geração”.  Por isso, mulheres 50+ oferecem mais segurança à equipe e são uma fonte de inspiração para os profissionais mais jovens.

  • Liderança

Uma líder 50+ proporciona valorização e diversidade, além de tomadas de decisão mais estratégicas. Por sua experiência, ela é capaz de entender melhor os movimentos do mercado e antecipar problemas. Além de melhor desenvoltura para desenvolver habilidade de comunicação interpessoal e criar um ambiente acolhedor entre a equipe.

A Labora, acreditando na potência da mulher 50+ nas organizações, desenvolveu tecnologias proprietárias que permitem a profissional requalificar-se profissionalmente e realizar jornadas flexíveis, oferecendo a elas bem-estar, qualidade de vida e renda, e para as empresas contratantes, melhor performance e geração de impacto social.

“Para mim é admirável o papel que a Labora vem desempenhando na vida pessoal e profissional dos seniores, oferecendo gratuitamente diversos cursos de atualização, desenvolvimento e ainda promovendo oportunidades de trabalho no sistema flex, sem contar o acolhimento e o esforço para continuamente oferecer mais e melhores oportunidades. Sinto muito orgulho em fazer parte dessa comunidade e contribuir não só profissionalmente, mas também por fazer parte desse movimento para conquistarmos o nosso espaço. Temos muito a contribuir e a Labora nos mostra o caminho para seguir sempre em frente.” Cristina Credico, profissional associada da Labora.

Para saber mais sobre como sua empresa pode ser parceira da inclusão das mulheres 50+, fale conosco ou acesse labora.tech

Caso você também queira fazer parte de nossa comunidade de talentos seniores na Labora, acesse labora.tech/sou-talento e vamos, juntas, acelerar a inclusão produtiva de mulheres 50+ no mercado!

¹Dados levantados pelo Estado de Minas em: https://www.em.com.br/app/noticia/opiniao/2022/11/11/interna_opiniao,1419910/etarismo-no-brasil.shtml

²Matéria publicada no site Uol em: https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2023/03/14/vitima-de-etarismo-foi-tomada-por-tristeza-apos-ataques-chorei-muito.htm

Outros artigos

1ª plataforma de tecnologia para inclusão produtiva e trabalho flex do Brasil

Acesse

Conecte-se

RECONHECIMENTOS:

ORGANIZAÇÃO SUSTENTADORA DO:

IDIOMAS

PORTUGÊS

INGLÊS

© 2022 por Kiron | Labora | Marca e direitos registrados

pt_BRPT_BR